Perturbações do sono

Diversos estudos mostram que as Perturbações do Sono nos adultos surgiram muitas vezes na infância mas que, por não terem sido devidamente diagnosticadas, tiveram um impacto de revelo a vários níveis, afetando assim a sua qualidade de vida

As alterações que o Sono pode sofrer são tão diversas e de tão suma importância que a Medicina do Sono acaba de se constituir como Especialidade Médica também na Europa.

Sabe-se que um sono pobre em quantidade e qualidade tem consequências na saúde física, capacidades cognitivas, rendimento escolar e profissional, estabilidade emocional e autonomia, bem como no relacionamento sócio-familiar. Contribui ainda para quadros clínicos de ansiedade e depressão e para o agravamento de perturbações do desenvolvimento já existentes (ex: espetro do autismo e PHDA).

O Núcleo de Perturbações do Sono, constituído por uma psicóloga e por uma pediatra com formação específica em Sono e em constante atualização, conta também com a colaboração de outras especialidades médicas, o que permite uma resposta multidisciplinar ao nível da avaliação e intervenção clínicas.

O Núcleo aposta em avaliações relativas não só às perturbações do sono (a nível médico e psicológico), como das suas comorbilidades (alterações a nível cognitivo, emocional, comportamental e familiar). A intervenção vai focar então as alterações encontradas, é específica para cada criança/adolescente e adaptada à sua família, procurando dar a melhor resposta ao quadro clínico existente.

Paralelamente à atividade clínica, este Núcleo disponibiliza ações de formação para pais, técnicos educativos e técnicos de saúde e aposta também em projetos de investigação, que permitem um maior e melhor conhecimento das Perturbações do Sono.

Para qualquer esclarecimento relativamente à avaliação e/ou intervenção terapêutica nas perturbações a que se dedica o Núcleo, contacte-nos através do email: mafalda.leitao@pin.com.pt

Compreende-se então a importância da intervenção nas Perturbações do Sono, em particular nas mais comuns em crianças e adolescentes:

  • Insónia Comportamental da Infância
  • Pesadelos
  • Terrores Noturnos, Despertares Confusionais e Sonambulismo
  • Sonilóqua (falar durante o sono)
  • Bruxismo (ranger os dentes)
  • Higiene Inadequada do Sono (hábitos pouco compatíveis com uma boa noite de sono
  • Pernas Inquietas e Movimentos Perióicos dos Membros
  • Movimentos Corporais Rítmicos
  • Enurese Nocturna (“chichi na cama”)
  • Apneia do Sono (pausas na respiração enquanto dorme)
  • Hipersónias (sonolência excessiva)
  • Atraso de Fase (dificuldade continuada em adormecer à hora habitual, sem causa aparente)